quinta-feira, 12 de julho de 2007

A IMPRENSA REPUBLICANA NO DISTRITO DE BRAGA (II)

Celorico de Basto

7 – O Minho Democrático
Revista política, científica, literária e noticiosa
Quinzenário
Redactor: Conceição Carranca
Impressão: Porto
Começou a publicar-se a 30-04-1884 e terminou logo no mês seguinte.

Fafe

8 – O Rubro
Jornal político e literário.
Bi-semanário.
O primeiro e provavelmente o único número publicou-se a 13-08-1883.

Guimarães


9 – O Futuro
Periódico democrático, literário e noticioso.
Bi-semanário: publicava-se às quintas-feiras e domingos.
Director: Benjamim Vasques de Mesquita
Redacção e Administração: Rua de Santa Luzia, 145
Publicou o primeiro e, tudo indica, único número, em 27-06-1886.


10 – A Época
Semanário político, literário e noticioso.
Redactor: Teotónio Gonçalves.
Redacção e Administração: Rua de Paio Galvão, 8, 1.º, e posteriormente Rua de S. Francisco.
Publicou o primeiro número em 24-8-1886 e terminou com o n.º 4, em 7 de Outubro do mesmo ano.

11 -Alvorada
Semanário.
Director e Proprietário: A. L. de Carvalho
Redacção e Administração: Rua Nova do Comércio.
Tipografia Minerva, Rua de Paio Galvão.
Saíu o primeiro número em 1-6-1907 e terminou com o n.º 4, em 23 de Junho do mesmo ano.


12 - Jornal de Guimarães
Órgão da Comissão Municipal Republicana.
Director: António Lopes de Carvalho.
Tipografia de António da Silva Carvalho, Rua de S. Dâmaso.
Saiu o primeiro número em 17-4-1910 e findou com o n.º 3.

Póvoa de Lanhoso
13 – Maria da Fonte (heroína de Lanhoso)
Semanário noticioso, literário e agrícola.
Publicava-se aos domingos, actualmente publica-se à sexta-feira.
Responsável: Martins de Oliveira
Redactor: Azevedo Coutinho
Começou publicação em 3-1-1886 e ainda se mantém em publicação.

14 – Folha Democrática
Semanário republicano.
Redactor: Gonçalo Sampaio (1865-1937)
Iniciou publicação em 2-2-1888 e continuou até 22-08-1889 com o número 30.

[Nota Importante: a pesquisa sobre o concelho de Guimarães foi facilitada devido ao trabalho realizado na Casa de Sarmento ao elaborar uma pequena ficha de cada jornal e colocando os cabeçalhos que tomamos a liberdade e a responsabilidade de reproduzir]

A.A.B.M.

1 comentário:

Carlos Gomes disse...

Mais uma vez, quero reafirmar o grande interesse que este site possui sobretudo para quem procura elementos que facilitam a investigação acerca da influência do republicanismo em várias regiões do país, nomeadamente a sua ligação com as origens da imprensa regional. Confesso que estou ansioso por saber também a respeito do distrito de Viana do Castelo.
Provavelmente, muitas pessoas ainda não repararam nos procedimentos de admissão de sócios das colectividades de cultura e recreio, com a sua jóia de admissão, proponente e exposição da candidatura em vitrina própria, e o seu paralelismo com os procedimentos do Grande Oriente Lusitano...