terça-feira, 5 de dezembro de 2017

MANUEL DA SILVA MENDES: MEMÓRIA E PENSAMENTO


 
LIVRO: Memória da Silva Mendes: Memória e Pensamento | Ensaios de: António Aresta, Amadeu Gonçalves e Tiago Quadros

AUTOR: Manuel da Silva Mendes (1867-1931);
EDIÇÃO: Livros do Oriente, 2017, p. 600
LANÇAMENTO:

DIA: 6 de Dezembro 2017 (18,30 horas);
LOCAL: Fundação Rui Cunha (Av. da Praia Grande, Macau)
ORADOR: Jorge Morbey.

Trata-se da reedição da curiosa obra de Manuel da Silva Mendes (1867-1931), um dos mais proeminentes eruditos da história contemporânea e da tradição e arte de Macau, aqui no seu primeiro volume. Os textos de Silva Mendes, que era uma personagem multifacetada (advogado, professor, juiz, filosofo, antiquário colecionador, …), versam nesta copiosa obra os seus ensaios sobre Arte, Filosofia e Religião e Tradições Chineses, antes publicadas nos periódicos e em obra avulsas.



A obra é acompanhada de três ensaios sobre a figura de Silva Mendes, assinados por António Aresta, Amadeu Gonçalves e Tiago Quadros.

Manuel da Silva Marques, formado em Direito por Coimbra, era republicano e ateu, e tinha um notável cabedal de conhecimentos, ao mesmo tempo que era um curioso divulgador do anarquismo individual e metafísico e das suas doutrinas; parte para Macau só em 1901, dada a sua nomeação para professor do liceu (leccionava latim e português) e depois seu reitor, que manteve durante duas dezenas de anos; exerceu outras funções, até à sua morte em 1931, numa vida ricamente preenchida, com uma intervenção cívica e social local importante, trabalhando e tertuliando com alguns dos maiores vultos de antanho, entre eles o poeta Camilo Pessanha.  

J.M.M.

Sem comentários: