terça-feira, 30 de outubro de 2007

"JORNAL DE DOMINGO" E "A IMPRENSA"



"Jornal do Domingo" e "A Imprensa" na Hemeroteca Digital

Mais dois títulos foram objecto de digitalização pela Hemeroteca Municipal de Lisboa. Um verdadeiro serviço público, aqui, à disponibilidade de um simples clique. Trata-se, agora, de dois periódicos publicados em Lisboa no século XIX, o "Jornal de Domingo" e "A Imprensa".

"Jornal de Domingo" – AnoI, nº1 (20 de Fevereiro de 1881) ao nº? (6 de Maio de 1883) -, publicado em Lisboa, Tipographia e Lytographia Casa Portugueza. Proprietário: Augusto de Sampayo Garrido. Director literário (a partir do nº 11) Pinheiro Chagas. Redactores: Eduardo Garrido, Francisco Palha, Gastão Mesnier, Pinheiro Chagas, Ramalho Ortigão, Serpa Pinto. Alguns colaboradores: Alberto Oliveira, Alberto Pimentel, Alfredo Taunay, Antero de Quental, António Ennes, Bordallo Pinheiro, Brito Aranha, Bulhão Pato, Castro Alves, Christovão Ayres, Cunha Bellem, Cunha e Sá, Delphim de Almeida, Eça de Queiroz, Fernando Caldeira, Gervásio Lobato, Gomes Leal, Gomes da Silva, Gonçalves Crespo, Guerra Junqueiro, Jayme Batalha Reis, Júlio César Machado, Latino Coelho, Luciano Cordeiro, Machado de Assis, Magalhães Lima, Rangel de Lima, Sousa Viterbo, Urbano de Castro.

"A Imprensa" - nº1 (Outubro de 1885) ao nº 72 (de 1891) - era uma "revista científica, literária e artística" quinzenal, publicada em Lisboa pela Imprensa Nacional. Direcção de Afonso Vargas (escritor e jornalista). De entre os colaboradores surgem Albertina Paraíso, Brito Aranha, César da Silva, Costa Alegre, D. João da Câmara, F. Pereira e Sousa, Gualdino Gomes, Guerra Junqueiro, João de Deus, José Pessanha, Latino Coelho, Silva Pereira. Apresenta crítica literária, contos, comentários (sobre Karl Marx ou Lassalle), desenhos e gravuras (de Lopes Mendes, Armando Pedroso, João Pedroso, Pastor, Filipe Fernandes). Curiosamente, Afonso Vargas considera o seu periódico de pendor "socialista-conservador".

J.M.M.

Sem comentários: