sexta-feira, 20 de julho de 2007

NORTON DE MATOS - ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS 1949


Norton de Matos

"Cansado de divergências internas, o Povo Português deseja que todos os habitantes de Portugal sejam acima Portugueses; que a tolerância e respeito pela pessoa humana os ligue a todos e permitam a cada um viver sem o terror desmoralizante da incerteza"

[Norton de Matos, in Manifesto à Nação da sua Candidatura à Presidência da República, 9 de Julho de 1948]

J.M.M.

3 comentários:

Carlos Gomes disse...

Norton de Mattos foi em 31 de Dezembro de 1929 eleito Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, sucedendo a António José de Almeida.,Foi iniciado em 1912, na Loja “Pátria e Liberdade”, nº. 332, de Lisboa, a qual seguia o Rito Escocês Antigo e Aceito (REAA), adoptando o nome simbólico de Danton. Era membro da Loja “Acácia” a qual, no ano anterior propôs o seu nome para suceder no cargo de Grão-Mestre a Magalhães Lima, o que não veio a verificar-se.
Juntamente com o Cardeal Saraiva, foi um dos grandes vultos da Maçonaria nascidos em Ponte de Lima. Apesar de se tratar de uma região de grandes tradições monárquicas, influência que se mantém ainda no presente, Ponte de Lima foi berço de muitas outras figuras da Maçonaria como o marquês de Ponte de Lima e o Conde da Barca.

NINHO DE CUCO disse...

É sempre importante, e actual, recordar.Tanto mais que agora até já há quem nobelize a nossa pertença a Espanha.

Carlos Gomes disse...

...a História sempre registou a existência em todas as épocas de indivíduos que nasceram para servir... o estrangeiro! Ontem a URSS, hoje - tal como em 1580! - a Espanha.
Não existem dúvidas acerca do patriotismo do General Norton de Mattos!