sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

GRÉMIO LUSITANO Nº15 - REVISTA


Saiu a revista nº15 (I semestre de 2010) Grémio Lusitano [Editor e Propr. Grémio Lusitano; Director: António Lopes; Director Salvato Teles de Menezes; Coord.: A.L., S.T.M., Silvino G. Silva], como sempre com inexcedível grafismo, contendo alguns curiosos textos, entre eles:

"As Origens da maçonaria especulativa: as teorias actuais" [trabalho importante, assinado por Roger Dachez] / "Filosofia Maçónica" [texto de António (n.s.), da Loja Fernando Pessoa] / "Ética Republicana" [curioso e bem actual texto, assinado por Aramis (n.s.) da Loja Acácia] / "Educação, Cidadania e Desenvolvimento" [sob a pena de Alexandre de Gusmão (n.s.), da Loja Renascer] / "Educação maçónica, republicanismo e casamento" [por Vasco da Gama (n.s.) da Loja O Futuro] / um texto de registo simbólico e iconográfico muito curioso, e de evidente interesse, "O Palácio Pombal, em Oeiras", por António Lopes / um interessante contributo para a história local, "Maçonaria em Albufeira" [por António Bernardo (n.s.), da Loja Transparência] / "A revolta de 3 de Fevereiro de 1927 a primeira grande ameaça do Reviralho" [estimado texto, assinado por Antero (n.s.), da Loja Passos Manuel] / "As velas na Maçonaria", texto de Manuel Pinto dos Santos / um curioso texto, de cariz esotérico, intitulado "A Corda de 81 Nós" [por Sikander (n.s.), da Loja D. Pedro de Alcântara] / "As raízes laicas do nosso ritual uma antiga iniciação religiosa", texto de Carlos Capelas (n.s.), da Loja Ocidente / "A lenda de Hiram Abbif algumas notas críticas", por Thomas Paine (n.s.), da Loja Montanha / "A quadradura do círculo" [um texto curioso, com referências simbólicas/alquímicas, por Sigmund Freud (n.s.) da Loja dos Hereges] / um importante texto biográfico sobre a figura do capitão António Augusto Franco [1875-1942], natural de Figueira do Castelo Rodrigo (fixando residência em Miranda do Corvo, em 1931), um dos heróis de Fevereiro de 1927 na luta contra a Ditadura e como tal afastado compulsivamente da vida militar, deportado e preso por diversas vezes ao longo da vida, acusado de "tentar organizar a Frente Popular nas Beiras, sob instruções" do G.O.L.U, ao mesmo tempo que desempenhava o importante cargo de Inspector Maçónico das Beiras, e sendo membro do Supremo Conselho do 33.º Grau do REAA - "Um herói desconhecido: o capitão António Augusto Franco", por Emílio Costa (n.s.), da Loja Bomtempo.

J.M.M.

Sem comentários: